Mini-rosas

Existem dois tipos de rosas de crescimento compacto, mas com floração abundantes: as mini-rosas e as biscuits. Elas alcançam de 30 a 60 cm de altura.

Elas têm florescimento continuo, com botões isolados ou em cachos, nas cores, branca, vermelha, amarela, rosa, laranja e púrpura.

Devido a grande durabilidade das flores de ambos os grupos, elas são muito boas para o plantio em vasos, jardineiras e forrações de pequenos espaços. Sem falar que pequenas e charmosas estão enfeitando ainda mais os interiores.

COMO CULTIVAR

Assim que as mudas tiverem pegado, é necessário fazer transplante para o vaso definitivo, com uma boca de mais ou menos 12 centímetros. Após 40 ou 50 dias as mudinhas já estarão crescidas, desabrochando, inclusive algumas flores. Sendo assim será necessário fazer a primeira poda, deixando apenas 5 cm de talo. A segunda poda somente será feita alguns meses depois, quando as plantas estiverem floridas pelo menos duas vezes. O talo neste caso devera ter uns 10 cm.

MULTIPLICAÇÃO POR ESTACAS

Escolha no fim da primavera, um galho sadio com as pétalas da flor ainda por cair. A parte superior do ramo deve ser removida e a estaca cortada em diagonal, com 15 cm de comprimento. Remova as folhas, espinhos e gemas, menos a primeira que deverá ser deixada para brotar. Espete a estaca diretamente num recipiente contendo o solo preparado. Para garantir a iluminação indireta, cubra a estaca com um plástico. A brotação nova deverá ocorrer em torno de 4 a 6 meses, quando poderá ser transplantada para um local definitivo.

ADUBAÇÃO

Convém adicionar ao solo 1/3 de composto orgânico ou esterco bovino bem curtido, e ainda enriquecer a mistura com farinha de osso.

REGAS

Logo depois de plantar as mudas, até a primeira floração, regue diariamente enquanto não chover e depois de 50 a 60 dias, terminada a floração, a terra devera ser mantida ligeiramente seca entre uma e outra rega.


Fonte: Diversos sites

Obrigada pela sua visita. Se você tem sugestões ou dicas sobre o assunto, coloque aí nos comentários, eles podem acabar virando temas para novos posts.

3 comentários:

marcia greice disse...

Ola´tudo bem? Plantei uma mudinha de mini rosas em vaso de barro de deixei na minha varanda que depois do meio dia tem sol pleno. Minha dúvida é se devia ter usado substrato no vaso em que a plantei, antes de depositar junto no vaso, todo conteúdo do saquinho preto no qual ela veio. Tenho tido cuidado de regá-la diariamente mesmo assim ela está suas folhas um pouco amareladas. Será que é pelo período de adaptação? Aguardo ajuda. Obrigada Marcia Greiece

Pamela Florindo disse...

Boa tarde! Preciso mesmo de ajuda. Adoro flores, mas tenho muitas dúvidas e queria que as minhas mini rosas fossem bem cuidadas. Quero aprender!... Enfim! Comprei dois vazinhos com as mini rosas (amarela e rosa), tenho regado diariamente. Não enxarco, mas deixo a terra bem molhada. tenho retirado tbem as folhas secas. O que estou notando eh que as flores estao ressecando e o cabo delas ficam escuras. Há novas flores nascendo, botoes abrindo. Mas a minha preocupação e de estar fazendo alguma coisa errada e perder a planta. Qual o procedimento correto pra que eu não perca minhas flores:: e deixar a planta saudável. Desde já agradeço a atenção.

Sonia Oliveira disse...

Olá Pamela, boa noite!

Em primeiro lugar, vai depender do local onde você está cultivando. Dentro de casa os fora? O ideal é que a mini-rosa receba luz e para isso deve estar em local externo.
As mini-rosas não são muito exigentes, precisam de algumas horas de sol, não molhe demais, pois como as rosas comuns não gostam de muita umidade, só molhe quando a terra já estiver seca.
Para adubação, para daqui a algum tempo, você pode misturar à terra 1 parte de húmus, as rosas gostam, você pode usar farinha de ossos como adubação orgânica, ou se preferir fazer adubação química que eu particularmente prefiro por ser menos trabalhosa. a adubação química pode ser feita com o NPK 4-14-8 (para plantas que florescem e que estão em crescimento) de acordo com as instruções da embalagem pois adubação química excessiva mata a planta, pode usar também adubo químico específico para rosas é o que uso. Suas mini rosas florescerão várias vezes no ano e estarão sempre lindas.

Se você for plantar no chão, faça um buraco para cada uma delas, e preencha com composto tipo duas partes de terra e uma de areia. Não faça o replante logo que adquirir a muda, espere ela "acostumar" por uns 15 dias. O adubo ideal é o orgânico, mas pode substituir por um 04-14-08 que você encontra fácil em casas especializadas e até supermercado.

Um abraço e boa sorte!