Um jardim com margaridas-do-cabo

A Margarida-do-Cabo também conhecida como margarida-africana, é uma herbácea muito florífera e bela. Sua folhagem é entouceirada, podendo ser ereta ou prostrada. As folhas são verde escura, denteadas, um pouco suculentas e com a nervura central saliente.

Os capítulos florais são grandes, solitários ou em grupos de dois ou três. As flores do centro são numerosas e pequenas e de coloração roxa a azulada.

Esses pequenos e exuberantes arbustos ficam floridos quase o ano inteiro.

A coloração expandida das flores externas pode ser de cor branca, rosada, arroxeada, com o verso de tonalidade mais escura, dependendo da variedade. Em resumo, podemos descrever que as cores desta margarida, formam um degradeé interessante do centro para as bordas.

Pode ser plantada isolada, em bordaduras ou em maciços; assim como em vasos. É bastante atrativa para borboletas, seu principal polinizador. Deve ser cultivado a pleno sol, embora tolere uma sombra parcial durante o dia. O solo deve ser bastante fértil para uma floração abundante, enriquecido com matéria orgânica e regas regulares.

A margarida-do-cabo multiplica-se por sementes que muitas vezes germinam espontaneamente próximo à planta mãe, assim como por divisão das touceiras.

Elas são tolerantes às geadas e secas e suscetíveis ao encharcamento por longos períodos. Apesar de perene, os canteiros devem ser reformados bienalmente através da poda ou com o plantio de novas plantas.

Aqui você encontrará algumas dicas importantes de como cultivar estas vistosas flores que vão do roxo ao azul passando pelo lilás.

* Em primeiro lugar escolha um lugar do jardim que receba sol direto durante a maior parte do dia;

*Em seguida prepare o terreno da seguinte maneira: revolva a camada superficial de terra e enriqueça o substrato com matéria orgânica;

* Agora transplante as mudas de margarida-do-cabo para a terra preparada. As épocas mais propícias para isso são o Outono e a Primavera.

* Assim que a planta tiver criado raízes ela começará a dar flores. Aumente, então, a quantidade de rega aos poucos. No verão, a rega deve ser abundante.


* Durante a época de floração, adube o solo a cada duas semanas para fortalecer a planta. À medida que as flores forem murchando, corte-as pela base. Ao terminar a floração, você pode dividir o arbusto em várias plantas para ampliar o colorido do jardim.

As margaridas-do-cabo não suportam o frio intenso. Em invernos rigorosos, cubra a planta. Esta espécie lhe oferecerá flores o ano inteiro, se você cuidar bem dela.
Ela só pára de dar flores nos meses frios do inverno.




Obrigada pela sua visita. Se você tem sugestões ou dicas sobre o assunto, coloque aí nos comentários, eles podem acabar virando temas para novos posts.

Um comentário:

Voreniti disse...

onde consigo mudas ou sementes de margarida do cabo...grata Reniti