Trepadeiras

Nome científico: Bouganvillea spectabilis
Nome popular: Primavera, Buganvile
Família: Nyctaginaceae
Origem: Brasil, regiões sudeste e nordeste. Existe a espécie glabra nativa no sul do país com cores mais pálidas em tons lilases, mais resistentes ao frio.

São plantas de natureza herbácea ( possuem caules verdes, frágeis e flexíveis), semi-herbácea ou lenhosa
(possuem caules rijos, secos e com aparência de lenho como o grupo de arbustos escandentes).

Conheça os vários tipos de trepadeiras e veja que é possível escolher o tipo certo para cada situação, ou seja: forrar muros; cobrir pergolados; emoldurar arcos, floreiras pendentes etc.
As trepadeiras proporcionam uma linda camada de cobertura para o seu jardim
Cuidado para não deixar que as trepadeiras escapem de seus limites e grudem em árvores próximas. As trepadeiras podem danificar a estrutura da casa ao expandir suas raízes dentro da argamassa, se esta estiver enfraquecida. Os caramanchões são as melhores opções para fixar as trepadeiras cerca de 30cm de distância da casa.

Existem diferentes tipos de trepadeira e elas crescem de diferentes maneiras:as trepadeiras espiraladas precisam de algo no que se enrolar. Os novos galhos se enrolam em suportes à medida que crescem. Mastros resistentes e caramanchões são ótimos suportes. Exemplos são kiwi, buganvília, dulcamara americana, ipoméia, madressilva, glicínia americana e a amarelinha.
Todas essas plantas trepadeiras podem crescer abundantemente em uma única estação

- trepadeiras com rebentos precisam de cordas delgadas, arames ou suportes estreitos para se agarrarem. Exemplos são as clematites, maracujás e videiras. Elas são fáceis de moldar, mas não as deixe aderir em árvores. Elas podem ser usadas para embelezar cercas com elos encadeados, mas precisam de arames adicionais ou caramanchões para crescer em cercas de madeira;

- as trepadeiras aderem em objetos sólidos. Essas trepadeiras expandem suas raízes aéreas dentro das menores fissuras em paredes sólidas. Elas podem danificar alguns tipos de paredes, especialmente paredes de tijolos com argamassa antiga que está começando a enfraquecer, mas seu crescimento é seguro se a parede for sólida. Não as deixe crescer sobre superfícies que precisam ser pintadas periodicamente. As trepadeiras são ótimas sobre outros tipos de paredes e suportes resistentes. Essas trepadeiras incluem a hidrângea trepadeira, a trumpet creeper e a winter-creeper.

Usos das Trepadeiras
As trepadeiras desempenham uma dupla função no jardim. Flores, folhagens ou frutas fazem delas acessórios verticais maravilhosos para emoldurar uma cerca, caramanchão ou poste de luz. Como um bônus, as trepadeiras podem ocultar visuais pouco agradáveis, proporcionar sombra e misturar troncos de árvores, paredes e cercas de um cenário com uma pátina de verde.
Acrescente altura a uma borda perene com trepadeiras anuais ou trepadeiras perenes em gaiolas de arame, tendas em estilo indígena ou scrims. Quando desejar um ponto alto dinâmico para um jardim de flores, uma trepadeira com escalada direcionada resistirá durante a estação de crescimento e, às vezes, ainda algum tempo depois. Em contraste, muitas das trepadeiras perenes mais altas alcançam sua altura máxima apenas quando dão flores, o que pode durar por apenas algums semanas.

Aqui estão algums opções de suporte a ser levadas em consideração.
- gaiolas de arame: essas gaiolas funcionam como gaiolas de tomate, mas podem ser feitas de malha de arame em qualquer altura ou formato. Uma forma de pilar reta e estreita é bastante elegante em um jardim formal;
- tendas em estilo indígena: faça um suporte de postes inclinados unidos pelo topo.

Plante uma ou mais trepadeiras na base e deixe-as subir e cobrir o poste;
- scrims: essas são estruturas abertas nas quais as trepadeiras podem se enrolar e subir e ainda oferecem uma visão velada do cenário além delas.

Com imaginação, os scrims podem ser feitos de arame trançado ou outros materiais criativos;
- tente uma maneira bem fácil de suportar trepadeiras anuais com um caramanchão feito de barbante biodegradável. Posicione dois postes de 1,2m de altura distantes cerca de 1,2m um do outro e fixe suas bases no solo a cerca de 1m de profundidade. Passe o barbante entre os postes, dando nós aleatórios ao redor deles para que o barbante não deslize. Você pode desejar criar uma estrutura em forma de teia vertical trabalhando o barbante para cima e para baixo entre os postes horizontais, o que ajuda algumas trepadeiras a escalar com mais eficiência.
Plante trepadeiras anuais como a ervilha de cheiro, as trepadeiras cardeais ou a margarida amarela debaixo de novos caramanchões e deixe-as crescer, cobrindo-os. Quando a geada chegar ou as trepadeiras começarem a perder seu viço, basta cortar o barbante do caramanchão e jogá-lo, com as trepadeiras e tudo mais, em uma pilha de compostagem.

- Crie uma sombra de verão em uma varanda com um caramanchão de barbante coberto com trepadeiras. Caramanchões feitos de barbante, disponíveis em centros de jardinagem ou por meio de pedido por correio, podem ser pendurados em telhados ou postes. Posicione o caramanchão no lado sul ou oeste da varanda para bloquear a maior parte do sol;

- Use um caramanchão de arame e trepadeiras para cobrir uma parede branca comum ou um encanamento. Uma parede coberta com um caramanchão ganha vida com o verde. Basta certificar-se de que o caramanchão está afastado o suficiente da parede, pois um caramanchão grudado à parede não é bom nem para a construção nem para as trepadeiras. Se você está ocultando um encanamento, certifique-se de deixar aberturas de acesso para manutenção;

- Use as trepadeiras para cobrir uma cerca com elos encadeados ou qualquer outra coisa desagradável aos olhos. As trepadeiras podem ocultar a sua garagem (ou a garagem do seu vizinho), criar uma área oculta para as latas de lixo, ou cobrir um tronco de árvore nu ou o corredor cercado de seu cão. Lembre-se de plantar as trepadeiras que se entrelaçam ou que possuem rebentos em suportes abertos como as cercas com elos encadeados e trepadeiras que escalam sobre suportes sólidos, como paredes;

- Use trepadeiras para ocultar uma árvore morta em uma grande área verde. Assim como as videiras podem cobrir árvores e torná-las uma massa verde de trepadeiras em forma de gotas, um velho toco pode se tornar um pilar para o jardim;

- Em climas amenos, trepadeiras sempre-verdes podem proporcionar uma cobertura confiável o ano todo. Em climas frios, algumas trepadeiras sempre-verdes podem ser mais propensas a definhar quando as temperaturas caem muito. Procure trepadeiras com resistência superior para essa tarefa.

Plante trepadeiras sobre uma estrutura de pérgola aberta para criar um abrigo fresco e com sombra. Uma pérgola é uma estrutura arbórea com um caramanchão na parte superior, que forma um teto para o jardim. Ela pode criar um lugar com sombra para se sentar ao ar livre no verão e ao mesmo tempo proporcionar ao jardim uma arquitetura elegante.
Para preencher o telhado com folhagem e flores, tente plantar trepadeiras que possuam crescimento abundante para que elas sejam capazes de percorrer a distância necessária. Algumas possibilidades são a glicínia, a polygonum aubertii, o kiwi, o lúpulo e as videiras.
A versatilidade das trepadeiras pode fornecer muito mais do que uma bonita cobertura para o seu jardim.

TREPADEIRAS SARMENTOSAS
São trepadeiras que possuem gavinhas (caules adicionais) que garantem a fixação da planta em paredes, árvores, estacas etc. Esse tipo de trepadeira pode ser usado para cobrir muros e só precisam de uma superfície para subir.

TREPADEIRAS VOLÚVEIS
São trepadeiras que se enrolam em qualquer estrutura. Servem para contornar arcos, subir em troncos de árvores e estacas. Para cobrir muros será preciso colocar suportes de arame para que se enrole.

TREPADEIRAS CIPÓ E ARBUSTOS ESCANDENTES
Estas trepadeiras precisam ser educadas com amarrilhos para subirem em alguma estrutura. Servem para se apoiar em arcos, pergolados, telhados e treliças, mas lembre-se: é preciso amarrar para que a planta suba. As trepadeira cipó são mais flexíveis que os arbustos escandentes pois estes são um tipo intermediário entre as trepadeiras e os arbustos, em alguns casos são de natureza lenhosa.

Plantando trepadeiras
A plantas trepadeiras são ideais para o paisagismo porque você pode, de fato, planejar e limitar seu tamanho. Suas alturas e larguras eventuais são determinadas pelas estruturas nas quais elas se desenvolvem. As próprias estruturas preenchem o espaço antes que as trepadeiras ou vinhas atinjam seu crescimento total.

As trepadeiras proporcionam uma linda camada dr cobertura para o seu jardim
Cuidado para não deixar que as trepadeiras escapem de seus limites e grudem em árvores próximas. As trepadeiras podem danificar a estrutura da casa ao expandir suas raízes dentro da argamassa, se esta estiver enfraquecida. Os caramanchões são as melhores opções para fixar as trepadeiras cerca de 30cm de distância da casa.

Existem diferentes tipos de trepadeira e elas crescem de diferentes maneiras:as trepadeiras espiraladas precisam de algo no que se enrolar. Os novos galhos se enrolam em suportes à medida que crescem. Mastros resistentes e caramanchões são ótimos suportes. Exemplos são kiwi, buganvília, dulcamara americana, ipoméia, madressilva, glicínia americana e a amarelinha.

Todas essas plantas trepadeiras podem crescer abundantemente em uma única estação.
- trepadeiras com rebentos precisam de cordas delgadas, arames ou suportes estreitos para se agarrarem. Exemplos são as clematites, maracujás e videiras. Elas são fáceis de moldar, mas não as deixe aderir em árvores. Elas podem ser usadas para embelezar cercas com elos encadeados, mas precisam de arames adicionais ou caramanchões para crescer em cercas de madeira;

- as trepadeiras aderem em objetos sólidos. Essas trepadeiras expandem suas raízes aéreas dentro das menores fissuras em paredes sólidas. Elas podem danificar alguns tipos de paredes, especialmente paredes de tijolos com argamassa antiga que está começando a enfraquecer, mas seu crescimento é seguro se a parede for sólida. Não as deixe crescer sobre superfícies que precisam ser pintadas periodicamente. As trepadeiras são ótimas sobre outros tipos de paredes e suportes resistentes. Essas trepadeiras incluem a hidrângea trepadeira, a trumpet creeper e a winter-creeper.

Usos das Trepadeiras
As trepadeiras desempenham uma dupla função no jardim. Flores, folhagens ou frutas fazem delas acessórios verticais maravilhosos para emoldurar uma cerca, caramanchão ou poste de luz. Como um bônus, as trepadeiras podem ocultar visuais pouco agradáveis, proporcionar sombra e misturar troncos de árvores, paredes e cercas de um cenário com uma pátina de verde.
Acrescente altura a uma borda perene com trepadeiras anuais ou trepadeiras perenes em gaiolas de arame, tendas em estilo indígena ou scrims. Quando desejar um ponto alto dinâmico para um jardim de flores, uma trepadeira com escalada direcionada resistirá durante a estação de crescimento e, às vezes, ainda algum tempo depois. Em contraste, muitas das trepadeiras perenes mais altas alcançam sua altura máxima apenas quando dão flores, o que pode durar por apenas algums semanas.

Aqui estão algums opções de suporte a ser levadas em consideração.
- gaiolas de arame: essas gaiolas funcionam como gaiolas de tomate, mas podem ser feitas de malha de arame em qualquer altura ou formato. Uma forma de pilar reta e estreita é bastante elegante em um jardim formal;

- tendas em estilo indígena: faça um suporte de postes inclinados unidos pelo topo.
Plante uma ou mais trepadeiras na base e deixe-as subir e cobrir o poste;

- scrims: essas são estruturas abertas nas quais as trepadeiras podem se enrolar e subir e ainda oferecem uma visão velada do cenário além delas. Com imaginação, os scrims podem ser feitos de arame trançado ou outros materiais criativos;

- tente uma maneira bem fácil de suportar trepadeiras anuais com um caramanchão feito de barbante biodegradável. Posicione dois postes de 1,2m de altura distantes cerca de 1,2m um do outro e fixe suas bases no solo a cerca de 1m de profundidade. Passe o barbante entre os postes, dando nós aleatórios ao redor deles para que o barbante não deslize. Você pode desejar criar uma estrutura em forma de teia vertical trabalhando o barbante para cima e para baixo entre os postes horizontais, o que ajuda algumas trepadeiras a escalar com mais eficiência.
Plante trepadeiras anuais como a ervilha de cheiro, as trepadeiras cardeais ou a margarida amarela debaixo de novos caramanchões e deixe-as crescer, cobrindo-os. Quando a geada chegar ou as trepadeiras começarem a perder seu viço, basta cortar o barbante do caramanchão e jogá-lo, com as trepadeiras e tudo mais, em uma pilha de compostagem;

- Crie uma sombra de verão em uma varanda com um caramanchão de barbante coberto com trepadeiras. Caramanchões feitos de barbante, disponíveis em centros de jardinagem ou por meio de pedido por correio, podem ser pendurados em telhados ou postes. Posicione o caramanchão no lado sul ou oeste da varanda para bloquear a maior parte do sol;

- Use um caramanchão de arame e trepadeiras para cobrir uma parede branca comum ou um encanamento. Uma parede coberta com um caramanchão ganha vida com o verde. Basta certificar-se de que o caramanchão está afastado o suficiente da parede, pois um caramanchão grudado à parede não é bom nem para a construção nem para as trepadeiras. Se você está ocultando um encanamento, certifique-se de deixar aberturas de acesso para manutenção;.

- Use as trepadeiras para cobrir uma cerca com elos encadeados ou qualquer outra coisa desagradável aos olhos. As trepadeiras podem ocultar a sua garagem (ou a garagem do seu vizinho), criar uma área oculta para as latas de lixo, ou cobrir um tronco de árvore nu ou o corredor cercado de seu cão. Lembre-se de plantar as trepadeiras que se entrelaçam ou que possuem rebentos em suportes abertos como as cercas com elos encadeados e trepadeiras que escalam sobre suportes sólidos, como paredes;

- Use trepadeiras para ocultar uma árvore morta em uma grande área verde. Assim como as videiras podem cobrir árvores e torná-las uma massa verde de trepadeiras em forma de gotas, um velho toco pode se tornar um pilar para o jardim;

- Em climas amenos, trepadeiras sempre-verdes podem proporcionar uma cobertura confiável o ano todo. Em climas frios, algumas trepadeiras sempre-verdes podem ser mais propensas a definhar quando as temperaturas caem muito. Procure trepadeiras com resistência superior para essa tarefa.
Plante trepadeiras sobre uma estrutura de pérgola aberta para criar um abrigo fresco e com sombra. Uma pérgola é uma estrutura arbórea com um caramanchão na parte superior, que forma um teto para o jardim. Ela pode criar um lugar com sombra para se sentar ao ar livre no verão e ao mesmo tempo proporcionar ao jardim uma arquitetura elegante.
Para preencher o telhado com folhagem e flores, tente plantar trepadeiras que possuam crescimento abundante para que elas sejam capazes de percorrer a distância necessária. Algumas possibilidades são a glicínia, a polygonum aubertii, o kiwi, o lúpulo e as videiras.
A versatilidade das trepadeiras pode fornecer muito mais do que uma bonita cobertura para o seu jardim.

Obrigada pela sua visita. Se você tem sugestões ou dicas sobre o assunto, coloque aí nos comentários, eles podem acabar virando temas para novos posts. Aproveite e deixe seu e-mail, quem sabe poderei te ajudar?

3 comentários:

Angela disse...

Então,uma árvore do meu quintal morreu,mas mantem a estrutura arredondada de galhos secos,naturalmente.Pensei em plantar tumbergue(acho q é esse o nome)que dá uma flor lilás e parece ter um crescimento acelerado para retomar a sombra perdida.
Há alguma contra indicação?
Obrigada por qq esclarecimento,Angela

grupoamv2011 disse...

Sonia,
Meu nome é Marcos, moro no Rio de Janeiro,na parte mais alta de um dos vários morros de Jacarepaguá.
Queria uma sugestão de uma planta, trepadeira, que eu pudesse plantar num vaso grande, e deixá-la no terraço da minha casa.
Minha intenção é fazer uma cobertura natural, que proteja parte da casa do calor, pois nesta parte da casa não há telhado, só a laje.
Mas gostaria (se possível) de uma planta que não soltasse as folhas de uma só vez, e também que não necessitasse de regas diárias, pois o acesso ao terraço ainda não está pronto.
Desde já agradeço a atenção dispensada,
Abraços,
Marcos.
e-mail: marcosfaxina@gmail.com

grupoamv2011 disse...

Sonia,
Meu nome é Marcos, moro no Rio de Janeiro,na parte mais alta de um dos vários morros de Jacarepaguá.
Queria uma sugestão de uma planta, trepadeira, que eu pudesse plantar num vaso grande, e deixá-la no terraço da minha casa.
Minha intenção é fazer uma cobertura natural, que proteja parte da casa do calor, pois nesta parte da casa não há telhado, só a laje.
Mas gostaria (se possível) de uma planta que não soltasse as folhas de uma só vez, e também que não necessitasse de regas diárias, pois o acesso ao terraço ainda não está pronto.
Desde já agradeço a atenção dispensada,
Abraços,
Marcos.
e-mail: marcosfaxina@gmail.com