Afelandra - Aphelandra squarrosa

Nome Científico: Aphelandra squarrosa
Nome Popular:
Afelandra, afelandra-zebra, espiga-dourada, planta-zebra
Família:
Acanthaceae
Origem: Brasil
Ciclo de Vida:
Perene

A afelandra é uma planta florífera, de textura herbácea, com 50 a 90 cm de altura, muito utilizada na decoração de ambientes internos. Ela apresenta folhas grandes, ovais, acuminadas, glabras e de coloração verde-escura, com nervuras bem marcadas, brancas ou amareladas, de acordo com a variedade.

As inflorescências são do tipo espiga, terminais e eretas.

Elas surgem na primavera e verão e são formadas por brácteas amarelas e brilhantes e flores tubulares, labiadas, amarelas ou brancas.

As principais variedades de afelandra são: 'Louisae Van Houtt' (pequeno porte, boa para vasos, folhas com veias amarelas e espiga dourada), 'Leopoldii' (de folhas com veias brancas, caule avermelhado e brácteas vermelhas), 'Brockfeld' (de crescimento compacto e folhas de veias amarelas), 'Fritz Prinsler' (de folhas verde oliva, com nervuras amarelas), 'Dania' (planta da foto, compacta, de veias brancas ou creme e caule avermelhado). 'Ivo' (de cor verde escuro), 'Silver Queen' (de tonalidades mais claras).

Deve ser cultivada sob meia sombra ou luz difusa, em substrato bem drenável, leve, enriquecido com matéria orgânica e irrigado regularmente.

Não tolera o frio ou ventos. Aprecia adubações a cada 15 dias nos meses quentes. Em regiões tropicais, a afelandra pode ser cultivada diretamente no jardim, formando belos maciços e renques junto a muros, em canteiros bem adubados.

Em lugares de clima frio, ela apreciará o cultivo em vasos e jardineiras, em locais protegidos dentro das residências ou em casas de vegetação.

Rega: Regar moderadamente, preferencialmente com água tépida, o suficiente para umdecer o substrato, ms deixando que a camada superior (2 a 3 cm) seque antes de voltar a regar. Uma rega excessiva fará apodrecer os caules causando a morte prematura da planta.

Multiplica-se por estacas postas a enraizar em estufas úmidas, ao final do inverno.



Caso tenha alguma dúvida comente e deixe seu e-mail para contato. Obrigada.

11 comentários:

Anônimo disse...

Gostaria de saber mais sobre as Aphelandras amarelas, da minha amiga e minha sogra estão murchando, o que faço para que aminha não murche tamabem?, pois ja esta começando.

Por favor nós ajude!

Anônimo disse...

A minha Aphelandra esta murchando o que faço? Engraçado porque comprei 3 cada uma em casa diferente e as 3 murcharam praticamente no mesmo dia.Isso é normal?

respoda na pagina de comentarios estarei no aguardo.

Grata,

Sonia Oliveira disse...

Em resposta a pergunra acima, o que me parece é que as afelandras foram regadas demasiadamente.
Atenciosamente,
Sônia

Priscila disse...

Olá! Queria saber se posso e como devo podar a aphelandra! Obrigada.

Sonia Oliveira disse...

Oi Pricila, tudo bem??

A poda da Afelandra deve ser feita na ponta dos ramos para dar formato à planta. Esta tarefa deve ser feita de Maio a Julho, quando a floração é escassa.

Abraços,

Diane disse...

O caule da minha Afelandra esta apodrecendo, se eu planta-la no jardim ela pode se recuperar!? Uso só terra ou adubo? Obrigada

Sonia Oliveira disse...

Olá Diane, tudo bem?
Então, se o caule de sua planta está apodrecendo é sinal de que foi muita regada. Infelizmente não tem salvação.
Abraços.

Anônimo disse...

Olá troquei minha aphalandra de vaso e ela esta murcha o que será q houve???? E o q fazer?????

Sonia Oliveira disse...

Olá, boa noite!
Deve ter sido regada demais,o que faz a planta murchar e apodrecer.

Deixe de a regar uns dias, até a parte superior da terra estar seca, pode ser que recupere.

Boa sorte !!!

Unknown disse...

A minha também estar apodrecendo, se eu retirá-la e acrescentar areia para secar mais o solo, será que ainda tem salvação??

Sonia Oliveira disse...

Infelizmente, depois que apodrece a raiz da planta, não tem mais solução.

Abraços.