Gabiroba (Campomanesia pubescens)


Nome: Gabiroba, guabiroba

Família: Myrtaceae

Gênero: Campomanesia

Espécie: pubescens

Ocorrência: campo sujo, cerrado

Floração: de agosto a novembro

Frutificação: de setembro a novembro

Descrição: a gabiroba ou guavira é o fruto produzido pela gabirobeira, um arbusto silvestre e de rápida floração que cresce nos campos e pastagens do serrado brasileiro. É um fruto arredondado, de coloração verde-amarelada, com polpa esverdeada, suculenta, envolvendo diversas sementes muito parecido com uma goiabinha. Ela pode ser consumida ao natural ou na forma de sucos, doces e sorvetes e ainda serve para fazer um apreciado licor.

Porte: arbusto, até 1m.

Folhas: 6-14 cm, alternas, curto-pecioladas, decíduas, nervuras salientes da face dorsal, simples, ápice acuminado, obovadas.

Flores: 1-2 cm, 5 pétalas, actinomorfas, brancas, estames múltiplos,

hermafroditas, ovário ínfero.

Frutos: amarelo, baga, 1 a 2 cm, mesocarpo suculento.

Uso: Os suculentos frutos da gabiroba são de sabor agradabilíssimo, muito usado para alimentação em natura e em forma de geléias e doces.

Obs: Os frutos da gabiroba são muito procurados pela fauna. Deve-se ter muito cuidado ao coletá-los, pois, como é um pequeno arbusto, é comum encontrar serpentes escondidas de tocaia a espreita de pequenos animais.

Origem
A gabiroba é uma planta nativa do Brasil, sendo muito encontrada nos cerrados das regiões sudeste e centro-oeste, sendo disseminada para outros países da América do sul, sendo muito encontrada na Argentina e Uruguai.
Cultivo
A gabiroba vive em clima tropical quente, com baixo índice de chuvas, devendo estar sempre exposto ao sol. a propagação se dá através de sementes,que devem ser semeadas logo após a extração do fruto porque ele perde rapidamente o capacidade germinativa pode ser cultivada em canteiros. Não é exigente quanto ao solo, crescendo inclusive em terrenos pobres. A colheita geralmente ocorre no mês de novembro, no entanto, quando é cultivada apresenta maior preferência pelos solos do tipo vermelho-amarelo. A necessidade de água é moderada. Os frutos podem ser conservados em sacos plásticos na geladeira ou freezer



Fonte(s) : Enciclopédia Plantas do Cerrado


Obrigada pela sua visita. Se você tem sugestões ou dicas sobre o assunto, coloque aí nos comentários, eles podem acabar virando temas para novos posts. Alguma dúvida? deixe seu e-mail, quem sabe poderei te ajudar?

8 comentários:

Anônimo disse...

é possivel cultivar em vaso? e como proceder? onde posso comprar a muda? obrigado

Anônimo disse...

Olá, amigos. Meu nome é Alan, moro em Coroatá-MA, e estou interessadismo em trabalhar o cultivo em grande escala da gabiroba. Pergunto, é viável o seu cultivo? Como começo o plantio? Qual o melhor terreno em minha região? E qual o risco desse investimento?ŭSa

Anônimo disse...

Prezada Sonia,
Tenho uma pequena chácara na região de Piracicaba, onde pretendo plantar algumas mudas de gabiroba do campo. Peço-lhe, se possível, informar-me endereços, telefones e/ou sites de viveiros onde posso adquiri-las.
Grato,
Célio.

1º Semestre disse...

Interessados eu vendo mudas ja produzindo, entrem no mercado livre e digite assim *Bonsai Junior* e veja meus anuncios, tenho varia exoticas como guabiroba, framboesa, bacuparietcc...
Abraçao a todos junio

Anônimo disse...

ola pessoal tenho guabiroba para vender e outras exoticas estao produzindo, entrem no mercado livre e digite assim, *bonsai junior* e procurem guabiroba, abraçao a todos.

DITO RODRIGUES disse...

PREZADA SONIA,PRECISO DE UMAS 150 GRAMAS DE GABIROBA RASTEITA MADURAS PARA UM TRABALHO QUE ESTOU DESENVOLVENDO.SE TIVER COMO ME ENVIAR DIZ O PREÇO R COMO FAÇO O PAGAMENTO E URGENTE.DITORODRIGUES61@GMAIL.COM,,,OBRIGADO

Sonia Oliveira disse...

Olá Dito, boa tarde !!

Infelizmente não vou poder lhe ajudar, pois não trabalho com vendas de sementes, plantas e afins.

Abraços.

Jose Luiz Leite disse...

Comprei uma muda no mercado central de Belo Horizonte