Pragas no Jardim

Saiba como reconhecer e combater as pragas que atacam seu jardim


Pulgão - É do tamanho de uma pulga, podendo ser verde, preto, marrom, branco ou amarelo.
Ação: é um inseto sugador da seiva dos brotos novos e das flores.
Combate: pulverize calda de fumo a cada três dias.


Formigas -As saúvas, grandes e negras, são prejudiciais às plantas.
Ação: picotam as folhas.
Combate: amarre um pano com pimentas vermelhas na planta atacada, sem apertar muito, ou aplique extrato de pimenta no caule – pimenta amassada com um pouco de água.



Cochonilhas - Em geral, se apresentam de duas maneiras: como minúsculas moedinhas pretas ou marrons, ou envolvidas em uma teia branca parecida com algodão.
Ação: gostam da base das folhas, das dobras, das bifurcações, dos botões e dos ramos novos, de onde sugam a seiva elaborada até matar os brotos.
Combate: retire as pequenas infestações com cotonete embebido em álcool e as grandes com pulverizações de óleo mineral a 1%, que asfixiam os insetos. Repita as pulverizações depois das chuvas.




Fungos e Ácaros - São invisíveis, mas deixam sinais de sua passagem nas folhas.
Os fungos deixam manchas circundadas por anéis amarelos e os ácaros deixam uma espécie de ferrugem no verso das folhas.
Ação: atacam folhas, flores e o caule.
Combate: a calda bordalesa é um ótimo preventivo quando
aplicada a cada 15 dias. Se o ataque de fungos já tiver ocorrido, só fungicidas poderão eliminá-los. No caso dos ácaros, é possível limpar as folhas atingidas com algodão embebido em álcool.




Lesmas - Ação: rastejam por todo o jardim, comendo folhas e brotos.
Combate: atraia esses bichinhos com recipientes rasos cheios de cerveja, retirando-as depois.



Tatuzinhos-de-jardim - Ação: comem as raízes novas.
Combate: parta para a catação manual ou polvilhe folhas de tabaco trituradas na terra para evitá-los no futuro.



Piolhos-de-cobra - Ação: comem as brotações novas das raízes.
Combate: como são visíveis, o melhor é catá-los um a um.




Lagartas - Bichinhos rastejantes - Facilmente identificáveis nas plantas ou suas proximidades. Há as mais discretas e as mais chamativas.
Ação: comem raízes, brotos e folhas novas.
Combate: catação manual ou, no caso de infestação em árvores, pulverização de uma mistura de 10 litros de água com 100 g de cal.




Caramujos - Espalhe pó de café, sal ou cinza de cigarro ao redor das plantas do seu jardim para evitar o ataque de caramujos. Outra dica é contornar o canteiro com uma linha de cal virgem, tomando cuidado para não colocar muito perto das plantas
para não as queimar.




Receitas caseiras para combater as pragas

Calda de fumo – Pegue 100 g de fumo e deixe de molho em 700 ml de água durante 24 horas. Depois, coe o chá e acrescente mais 700 ml de água, misturando bem.

Calda bordalesa Coloque 200 g de sulfato de cobre em um saco de pano e mergulhe-o parcialmente por 4 horas em 18 litros de água. Separadamente, dissolva 200 g de cal virgem em 2 litros de água. Junte as duas misturas e mexa bem. Antes de usar, faça um teste de acidez. Mergulhe uma lâmina de ferro na mistura. Se a placa escurecer, acrescente um pouco mais da mistura de cal e teste novamente.




Fonte(s) : http://www.europanet.com.br

Obrigada pela sua visita. Se você tem sugestões ou dicas sobre o assunto, coloque aí nos comentários, eles podem acabar virando temas para novos posts. Tem alguma dúvida? por favor, não esqueça de deixar seu e-mail, quem sabe poderei te ajudar?

Um comentário:

Biah disse...

Nossa, adorei essas suas dicas. Tem coisa aí que eu nem sabia, como o algodão embebido em álcool e água, para certos tipos de pragas.