Bambu Mossó (Phyllostachys pubescens)

Já pensou em cultivar bambu dentro de sua sala ou na varanda do apartamento? Parece incrível não é, mas das cerca de 1.300 espécies de bambu existe uma que não forma touceiras, pode ser cultivada como planta isolada em vasos ou jardins e, ainda, resulta num visual muito exótico e interessante, obtido com técnicas especiais de cultivo.

Estamos falando do bambu-mossô (Phyllostachys

pubescens), que ganhou destaque nos tempos com seu caule tortuoso e curvilíneo.

Pertencente à família das Gramíneas, o bambu-mossô é originário da Ásia. Aqui no Brasil, ele pode ser cultivado em qualquer região do Brasil, pois se adapta bem a qualquer tipo de clima.

O formato tortuoso do caule deste bambu não é natural, é obtido com a ação da técnica e da arte das mãos humanas. Ao que parece, tudo começou em função do próprio porte da planta, que na natureza chega a atingir 10 metros de altura. Para obter uma planta de menor porte, foi desenvolvida uma técnica para flexionar o caule do bambu-mossô e, assim, reduzir seu tamanho.

A técnica, descrita rapidamente, é a seguinte:

Quando a planta ainda está se desenvolvendo, retira-se as bainhas do caule (ou seja, as "cascas" que o revestem).

Essa operação deixa o caule mais flexível e maleável, permitindo que ele possa ser conduzido com facilidade. Daí, é possível amarrá-lo e puxá-lo para a posição que desejamos, prendendo-o a algum suporte lateral. Após surgirem as primeiras folhas, a planta mostra sinais de que está entrando em sua fase de amadurecimento. É o momento em que o caule vai enrijecendo e assumindo o formato obtido com a

amarração. Depois que assume definitivamente esse formato, a

planta pode ser transferida para o local definitivo. Essa técnica é que

cria as apreciadas curvaturas que caracterizam os caules do bambu-

mossô e lhe dão uma aparência de "escultura".


http://sandra.uphost.com.br/Plantas/BAMBOO/MOSS%D4/A15bambu1mosso.JPG

Dicas de cultivo

Luminosidade: O ideal é o cultivo sob sol pleno, mas o bambu-

mossô também pode ser cultivado em ambientes internos, próximo a

uma grande janela ou à porta de vidro da sala, por exemplo, onde

receba bastante luminosidade natural.

Solo: Recomenda-se solo fértil e com boa drenagem. A mistura de solo deve receber 1 parte de composto orgânico ou húmus de minhoca para aumentar a fertilidade.

Plantio: No jardim, o plantio deve ser feito em covas de 40 x 40 x 40 cm. Para o plantio em vasos, recomenda-se escolher os de bom tamanho, com diâmetro de 40 a 50 cm.

Regas: Não exagerar na quantidade nem na freqüência. Em média, regar uma vez por semana é suficiente.

Adubação: Aplicar fertilizante NPK 10-10-10, seguindo as orientações da embalagem, a cada 3 meses.

Dica:

A planta se reproduz lançando os brotos a partir de um caule subterrâneo (colmo). Para evitar que o bambu-mossô se alastre pelo jardim, recomenda-se separar o colmo e plantá-lo, se desejar, em outro local.



Fonte: Dicionário ilustrado de jardinagem

Obrigada pela sua visita. Se você tem sugestões ou dicas sobre o assunto, coloque aí nos comentários, eles podem acabar virando temas para novos posts.

13 comentários:

Napoleao disse...

Como procedo se as folhas passam a cair em virtude de um fungo branco que atacou meu bambu mossô?

anjinha_cw disse...

estou aflita pq meu bambu esta com as pontas das folhas secas, sera q é pq esta na sombra... por favor me ajude. já adubei e rego 2 vezes por semana. ah, e tb retirei uns raminhos q surgiram e plantei em outro vaso. por favor, me dë mais orientaçoes. desde já agradeço.

andressaraz disse...

olá! meu bambú está com os 2 problemas, fungo branco e folhas secando! será que ele vai morrer? o q eu faço???

Nathan disse...

estou com o mesmo problema. Por favor. Me ajudem!
nathan@gaianarede.com

Anônimo disse...

O meu está com o mesmo problema.
O que fazer????
gracistaudt@yahoo.com.br

iris disse...

o que fazer qdo o bambu seca as folhas...sera q morreu a planta???
rego alternando os dias.o que posso fazer

Anônimo disse...

meu bambu esta com fungos brancos e as folhas secando, oque devo fazer?

abarth disse...

Olá, pessoas. no caso do fungo branco, você deve por a planta do lado de fora de casa por um tempinho para que ela possa pegar chuva. Recomendo, ainda, qua você borrife em abundância água com fumo (pegue uma garrafa pet e panha um quinhão de fumo de corda e preencha com água. Depois de uma semana borrife a planta toda). Tente tirar o excesso de fungos comum pano umedecido. Ela vai melhorar muito, mas se ela não tomar banhos regularmente, provavelmente o fungo volta. um ano depois o meu está de volta e vou ter que repetir o processo.
Espero ter ajudado.
Luiz Bruno (S.Paulo -SP)

andressaraz disse...

me bambu morreu

Anônimo disse...

Tenho um bambu mosso e ele está cheio de gotículas de um líquido transparente e grudento e está aparecendo uns focos de pequenos mofos. Ele está na minha varanda onde pega sol durante a manhã até às 11h e bastante luz no resto do dia. Nessa época de outono já que o sol não é muito forte, tenho molhado 1x por semana. Gostaria de saber se é normal ou se pode ser alguma praga.

Marcio Magrin disse...

Olá! meu mosso esta se alastrando pelo jardim, já esta com duas mudas, uma de 15cm e outra de uns 70cm, como posso remove-lo sem afetar oque esta nascendo e o que já esta plantando a tempos? a raiz é unica se tirar vai afetar a raiz do principal?

Leite disse...

preciso mudar de vaso o meu mini bambu,e gostaria de saber como faço isso já que ele esta cheio de filhos arredor do maior.

goretti afonso disse...

Tenho um bambu, no meu jardim, ele esta cheio de broto. Gostaria de saber a técnica de como replantar. Já tentei, replantar algumas mudas, mas não deu certo. Socorro meu jardim esta virando um bambuzal.