Nomes científicos das plantas


Os nomes populares das plantas variam muito de região para região, por essa razão, costumamos usar o nome científico para especificar uma planta. É a melhor maneira de garantir que ela será identificada em qualquer região.

A primeira palavra na classificação de uma planta identifica o gênero, por exemplo, Erythrina, Tibouchina ou Murraya. Existem, no entanto, muitas espécies de Murraya e, por isso, usa-se um segundo nome que identifica a espécie de um gênero.

Por exemplo: Murraya exótica – o segundo nome normalmente descreve a qualidade que caracteriza a planta em questão.

Muitas vezes nos deparamos com nomes como Murraya sp., o sp. é uma abreviatura que se refere a todas as espécies desse gênero ou, então, a apenas uma delas, sem especificar qual. Caso exista mais de uma variedade natural, de uma mesma espécie, haverá um terceiro nome para identificar cada uma delas.

Uma variedade produzida com a intervenção do homem é conhecida como “cultivar” – em geral identificada pela abreviatura cv. Neste caso, adiciona-se um terceiro nome, como se fosse um “nome de batismo”, por exemplo: cv. “Valentina” ou cv. “Song of Paris”.

Como padronização, os nomes científicos das plantas devem seguir as normas do Código Internacional de Nomenclatura Botânica, que determina, entre outras regras, que sejam grafados em latim, que o nome do gênero seja escrito com letra maiúscula e o nome da espécie com letra minúscula.

O nome científico é importante, pois identifica a planta em qualquer lugar, não importando o seu nome popular. Assim, aquela violeta africana que você tem em casa, chama-se Saintpaulia ionantha em qualquer lugar do mundo.


Fonte (s): Enciclopédia Botânics

Obrigada pela sua visita. Se você tem sugestões ou dicas sobre o assunto, coloque aí nos comentários, eles podem acabar virando temas para novos posts.

2 comentários:

Ione disse...

Moro em Recife, numa distância de mais ou menos um kilômetro da praia e gostaria de saber se é possivel cultivar gerânios nessas condições; sol muito forte, muito próximo do mar.
Um detalhe: minha varanda é ventilada demais (ventos fortes).
Amo de paixão essa plantinha e quero muito ter pelo menos um vasinho com ela.
Me ajuda ?

Agradeço-lhes desde já.

Ione Celestino

Ivan Mabessa disse...

Gostei do Texto
Deu para apanhar alguma Coisa mesmo Obrigado